10 coisas que você precisa saber sobre Óleos Essenciais

oleos-essenciais

Óleos essenciais são compostos aromáticos voláteis extraídos de plantas aromáticas por processos de destilação, compressão de frutos ou extração com o uso de solventes. Geralmente são altamente complexos, compostos às vezes de mais de uma centena de componentes químicos.

10 coisas que você precisa saber sobre Óleos Essenciais

1. Óleos essenciais são usados na aromaterapia

A aromaterapia é a utilização de substâncias naturais muito concentradas, conhecidas como óleos essenciais.
Estes óleos são extraídos de diferentes partes da planta, como raízes (gengibre), flores (lavanda), folhas (hortelã pimenta), caule (cedro) e frutos (bergamota).

2. Você deve ter atenção ao comprar um óleo essencial.

Na hora de comprar um óleo essencial, confira no rótulo as seguintes informações: Nome científico, País de origem, Composição química e Registro na ANVISA. Desta forma, você evita de comprar por engano essências sintéticas, que não possuem propriedades medicinais.
Saiba mais sobre a diferença entre essências e óleos essenciais clicando AQUI.

3. Efeitos obtidos pela inalação de óleos essenciais

Quando inalamos um óleo essencial podemos obter efeitos físicos e emocionais. Isso porque existem duas rotas para as moléculas odoríferas:

  1. O conjunto de estruturas cerebrais responsáveis pelas nossas emoções, chamado de sistema límbico;
  2. Os pulmões, que através dos alvéolos levam os componentes químicos dos óleos essenciais para a corrente sanguínea.

4. Contraindicações no uso de óleos essenciais

Existem algumas contraindicações no uso dos óleos essenciais, como:

  • Proibidos para os hipertensos: Canela, Cravo, Gengibre, Hortelã pimenta, Alecrim e Eucalipto;
  • Gestantes utilizar apenas com autorização médica;
  • Proibido para Epiléticos: Alecrim, Canela, Cravo, Erva Doce, Hortelã-Pimenta e Sálvia Esclaréia;
  • Não utilizar com homeopáticos: Alecrim, Hortelã pimenta e Eucalipto;
  • Fototoxidade (queima a pele em contato com a luz do sol) : Todos os cítricos (laranja doce, limão siciliano, bergamota, etc).

5. Os óleos essenciais são lipossolúveis (dissolvem em gordura).

Isso significa que não há barreiras em nosso corpo para agirem de forma rápida e eficaz.
Quando utilizamos os óleos essenciais na massagem ou na forma de um creme para os cuidados do dia a dia, eles penetram pelo ducto da glândula sudorípara, passando pela epiderme, derme e hipoderme com muita facilidade.

Curiosidade: Atualmente já existem medicamentos que estão utilizando alguns componentes dos óleos essenciais para potencializar a ação farmacológica, já que desta forma o componente químico chega mais rápido à corrente sanguínea.

6. Óleos essenciais 100% naturais e puros (sem conservantes) possuem uma validade de 1 a 2,5 anos

Após esse período eles começam a oxidar e perder suas propriedades terapêuticas. Mas, uma dica para conservar seus óleos essenciais e não perder nenhuma gotinha do O.E por causa da validade, é conservá-los sempre em uma geladeira. Eles podem durar o dobro do tempo informado no rótulo!
Procedimento: Feche bem a tampa do O.E coloque-o em uma caixa de MDF (para proteger da luz da geladeira e evitar que aroma propague pelos alimentos da geladeira). Deixe num cantinho, mas nunca na porta da geladeira (essa parte da geladeira é facilmente contaminada por bactérias).

7. Para utilizar a aromaterapia com bebês e crianças, a diluição deve ser maior do que a utilizada com adultos.

Utilize apenas 1 ou 2 gotas dos óleos essenciais de laranja doce, tangerina, bergamota, lavanda, lemongrass ou tea tree no aromatizador ambiental. Aromatize apenas 1 vez ao dia o ambiente.

8.Os óleos vegetais são as melhores opções de base para utilizar os óleos essenciais na pele.

Isso porque os óleos vegetais, além de diluir o óleo essencial para evitar possíveis alergias e queimaduras na pele, não causam o efeito tamponante de poros, como acontece quando utilizamos óleos minerais ou cremes com componentes como a parafina, vaselina ou óleo mineral. Experimente o óleo vegetal de semente de uva (indicado para todos os tipos de pele).

9. O óleo vegetal de Argan, por conter grande quantidade de vitamina K, além de hidratar os fios é um excelente fortalecedor de unhas.

Aplique-o puro nas unhas enfraquecidas, em 15 dias você já percebe os resultados.

10. O óleo vegetal de Rosa Mosqueta é o único óleo capaz de clarear manchas

Isso porque possui o ácido trans retinóico em sua composição química. Para utilizá-lo e obter resultados ainda mais satisfatórios, acrescente em 30ml de O.V de Rosa Mosqueta 1 gota de óleo essencial de Palmarosa e 1 gota de óleo essencial de Hortelã pimenta. Em 30 dias você já percebe os resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *