Conheça a técnica da Velaterapia

Conheça a técnica da Velaterapia

Cabelos com fios finos, quebradiços, porosos? Fogo neles!

Existem cuidados de beleza que se perpetuam por gerações. Esse é o caso, por exemplo, da “velaterapia” ou “banho de vela“. Febre nos anos 80, a técnica foi muito usada pelas mulheres da época como tratamento de cabelo e, agora, volta a ser sucesso entre as vaidosas de plantão.

Apesar de simples, a viciante velaterapia (Fernanda Lima, Lalá Rudge e Isabeli Fontana são fãs) deve ser feita por profissionais especializados.

Apenas uma vela acesa e uma tesoura bem afiada podem fazer maravilhas pelo seu cabelo – principalmente se ele for fraco, poroso e cheio de pontas duplas. Esse é o arsenal necessário para colocar em prática a velaterapia, uma técnica antiga que recentemente recebeu status de hype. O sucesso tem fundamento, afinal quem não quer fios encorpados, sem pontas duplas e cheios de vida uma hora e meia depois de entrar no salão?

Como funciona a velaterapia ?

Funciona assim: a profissional de confiança (você não quer ver suas madeixas em chamas!) enrola mechas médias e aproxima a chama da vela ao longo de todo o fio, forçando a cauterização das pontas duplas e a abertura das cutículas do cabelo.

As pontas duplas, agora mais visíveis, são cortadas uma a uma com a tesoura (o famoso “bordado”, processo que requer atenção extrema e não altera o comprimento dos fios) e as escamas abertas ficam mais receptivas à máscara com vitaminas e nutrientes aplicada logo em seguida.

Meninas imediatistas amam, mas os resultados são ainda melhores a longo prazo. “Tenho clientes que tinham cabelos finos e superquebradiços e hoje têm os fios longos que sempre sonharam”, conta Renata Souza, proprietária do Spa Dios. No caso dessas clientes, o procedimento foi feito a cada dois meses, mas os cuidados passaram a ser diários, feitos em casa mesmo. “Elas são reeducadas e levam pra casa xampu e condicionador adequados, além de uma máscara rica em vitaminas e proteínas”, explica a expert.

Apesar de não ter contra-indicação, o tratamento não é para todas. “A velaterapia é desnecessária pra quem tem fios grossos, resistentes e sem pontas duplas”, diz Renata. “É tão simples e traz resultados tão aparentes que todo mundo quer fazer, mas pode ser um dinheiro jogado fora”, alerta ela.

Cuidados com a Velaterapia

Apesar das promessas de beleza rápida, a técnica de velaterapia pode ser arriscada, já que os fios podem ser queimados além do intencional.

O profissional responsável deve tomar um grande cuidado, uma vez que o fogo pode alcançar a pele e o couro cabeludo da cliente, causando graves queimaduras. Além disso, quando não associado a produtos nutritivos o resultado é completamente diferente. Os fios que tiveram as pontas queimadas ficam ainda mais secos, já que as escamas se abriram.

Então, nunca tente a velaterapia em casa, procure um profissional especializado e verifique todos os riscos com seu dermatologista antes de aderir à novidade.

Fonte: Glamour

Marcações:

2 comentários em “Conheça a técnica da Velaterapia”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *