Cafeína no tratamento de Alopecia Androgenetica

cafeína-alopecia-queda-cabelo
Read Carefully

Como é do conhecimento de todos a alopecia androgenetica, “Andro” refere-se à andrógenos (testosterona, di-hidrotestosterona), responsáveis pela  calvície padrão masculino de perda de cabelo. “Genética” porem esse fato não atinge apenas os homens mas também  tem alcançado grande quantidade de mulheres.


Super Recomendo! Marketing Digital Beleza


Os andrógenos (testosterona, di-hidrotestosterona) são  os responsáveis pelo crescimentos dos pelos e a queda dos cabelos . O nível  de andrógenos presentes não precisa ser maior do que o normal para a queda ocorrer, pois se existir no gene a queda impressa então ela ocorrera  mesmo com níveis normal dos hormônios .  Os pelos debaixo do braço e pubianos são dependentes de testosterona para o crescimento, bem como  crescimento da barba e perda de cabelos são dependentes de di-hidrotestosterona (DHT). A testosterona é convertida em DHT pela enzima, 5 α-redutase.

Os receptores existentes nas células do folículo piloso se ligam aos andrógenos, e eles  têm maior afinidade para DHT seguido por testosterona, estrógeno e progesterona. Após ligação ao receptor, DHT interage com o núcleo da célula alterando a produção das proteínas pelo DNA no núcleo da célula. Em última análise, o crescimento do folículo piloso cessa.

cafeína-alopecia-queda-cabelo

Entendido a sequencia ocorrida pelos pelo sistema hormonal nos deparamos com o ciclo capilar que inicia uma drástica mudança, começando pela fase anagena que terá um crescimento menor e duração diminuída,  resultando em fios pequenos ou miniaturizados de forma progressiva. Na fase telogena mais cabelos estarão em repouso.

Estudando alguns ativos para auxiliar nas terapias as quais  aplicamos eletroterapia e protocolos para auxiliar a melhora  do quadro, encontro um estudo sobre um ativo que é amplamente usado em procedimentos corporais para tratar gordura localizada e celulite.

E como um ativo como a cafeína  que trata gordura localizada pode nos auxiliar na queda androgenetica?

O estudo  da Revista Skin Pharmacology and Physiology; 20: 195-198; 200 mostra que em baixa concentração se dá pelka inibição da fosfodiestaraseagindo diretamente contra a apoptose folicular induzida pela alopecia androgenetica,  revelou a ação da cafeína em reverter o efeito inibitório da  testosterona na proliferação de queratinócitos.

Outro estudo recente, também realizado na Alemanha, avalia a penetração folicular da cafeína aplicada topicamente via formulação de shampoo.

As pesquisas são realmente interessantes e mostram que pode evitar a queda ou pelo menos retardar a queda capilar pelos fatores genéticos e hormonais como por disfunções ou alterações de vários motivos que uma pessoa pode ser acometida.

Ate a próxima pessoal , mas só para constar tenho usado alguns protocolos com a cafeína e realmente os resultados são bons.


Super Recomendo! Marketing Digital Beleza


Comments (2)

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top