Como evitar manchas na pele e axilas escuras após a depilação

As luzes artificiais como as lâmpadas e aparelhos como celulares, computadores e tablets não causam câncer mas aumentam os riscos de mancha na pele. Além delas, existem outros fatores que podem manchar a pele, segundo a dermatologista Valéria Campos, como o calor, as alterações hormonais e os raios solares, principais causadores.

Uma das maneiras de prevenção é o uso de protetor solar nas áreas mais expostas ao sol e também à luz visível – nesse caso, o melhor é usar bases ou filtros com cor.

A dermatologista Márcia Purceli acrescenta que, para uma pele sem manchas, é fundamental tomar ainda alguns cuidados, como usar calmante e protetor após a depilação e evitar ficar muito perto de luminárias ou fontes de luz. Quem pega cor fácil no sol também deve prestar mais atenção porque pode manchar mais fácil.

Além das manchas nas áreas visíveis da pele, existem ainda manchas menos visíveis, como as nas axilas. Elas acontecem por causa da hiperpigmentação depois da reação inflamatória – ou seja, após a depilação, por exemplo, a pele pode ficar mais escura. Essas manchas podem ficar ainda mais evidentes depois da exposição solar ou por causa da falta de hidratação. Por isso, a dica é hidratar bem regiões como axilas e virilhas ou procurar cremes clareadores, que também podem ajudar, como alertou a dermatologista Márcia Purceli.

Axilas Escuras: por quê escurece?

1. Acantose Nigricans

  • Espessamento e escurecimento da pele e de certas partes do corpo, como axilas e nuca.
  • Causada pela resistência  perfiérica à insulina e síndrome metabólica
  • Comum em pessoas com excesso de peso.

2. Hiperpigmentação

  • Após a depilação com cera, a pele fica vermelha e irritada por um tempo
  • Ocorre uma pigmentação pós-inflamatória e o vermelho fica amarronzado

Tratamento escurecimento das axilas

Desodorantes clareadores tem ativos que reduzem a formação de melanina, o processo é como uma leve esfoliação e pode demorar porém funciona em manchas superficiais.

Cuidados e atenção é essencial!

Os cremes depilatórios também podem manchar  a pele – pior ainda se ficarem por mais tempo que o indicado, o que causa irritação e a hiperpigmentação pós-inflamatória. Na fase aguda, as manchas podem ser tratadas como queimaduras. Se houver bolha ou vermelhidão, é indicado usar soro fisiológico gelado e depois tratar do mesmo jeito que as manchas comuns, com despigmentantes e anti-inflamatórios.

Para evitar essas manchas, o ideal é realizar a depilação a laser. Eliminando o pelo por completo, eliminamos também uma causa do escurecimento da região, que seria a inflamação do próprio pelo, que pode encravar e manchar a pele. Além disso, prevenimos o uso de cera e lâmina, que podem ferir a pele e manchá-la”, explica Mônica. Caso não faça a depilação definitiva, dê preferência à cera fria, tomando sempre cuidado com a exposição solar antes e depois da depilação.

Fonte: Bem Estar e Uol

Comments

There are no comments yet.

Leave a comment