Verdades e Mitos sobre doenças de pele podem ser transmitidas no Salão de Beleza

Escova progressiva causa câncer? Usar pente que outras pessoas pode ser perigoso para a saúde? O lavabo do salão de beleza pode transmitir doenças? Muitos são os mitos que rondam os salões de beleza, e as dúvidas sobre o que pode ou não causar uma doença capilar.

A dermatologista Anaflávia Oliveira, também formada em Tricologia, ciência que estuda cabelos e couro cabeludo, explica que escovas, pentes e tesouras dos salões de beleza podem, sim, transmitir doenças se não forem bem higienizadas. Ela mostra o que é mito e o que é verdade sobre este assunto.

Escova de cabelo pode transmitir doenças.

VERDADE. Objetos compartilhados, como escovas e pentes, podem transmitir doenças, como “tinha capitis” (micose do couro cabeludo causado por fungos), pediculose (piolhos) e infecções bacterianas.

Retirar os fios de cabelos da escova é o bastante para que ela fique limpa.

MITO. Além de retirar os fios das escovas ou pentes, eles devem ser higienizados em água corrente e sabão. Não é necessário esterilização, pelo fato de esses objetos não serem corto-perfurantes.

Posso usar água sanitária para higienizar escovas e pentes.

VERDADE. Pode, mas há produtos melhores e específicos para essa finalidade.

Tesouras e lâminas de barbear podem transmitir hepatite.

VERDADE. Todo objeto corto-perfurante apresenta risco de transmissão de doenças, como hepatites B e C, herpes, HIV e outras, desde que ocorra corte ou perfuração na pele ou couro cabeludo. No caso de acidentes com tesouras, o cliente deve ser encaminhado ao médico. Em relação ao uso de lâminas, estas devem ser descartáveis. Preste atenção se o profissional abre uma lâmina nova para você.

Tesouras, alicates e lâminas de barbear podem transmitir doenças de pele.

VERDADE. São várias as doenças que podem ser transmitidas por esses objetos, como, por exemplo, herpes, piolhos e micoses (como a “tinha corporis”, “tinha capitis” ou “onicomicose”, etc.)

Só pegamos piolhos se pentearmos os cabelos com os pentes de outras pessoas.

MITO. A pediculose é de fácil transmissão, ou seja, um contato próximo já pode ser o suficiente para contaminação. O uso de pentes e escovas apresenta uma chance maior de contágio.

Usar o mesmo lavabo pode transmitir doença capilar.

PARCIALMENTE VERDADE. Apesar de ser bem mais difícil, pode transmitir pediculose (piolhos). Em um lavabo limpo e bem cuidado, não é necessário ter preocupações.

O formol foi proibido pela Anvisa nas escovas progressivas.

VERDADE. O formol foi proibido pela Anvisa, pois foram comprovados seus malefícios para a saúde, como câncer de cabeça e pescoço (nariz, garganta e boca), bexiga, pulmão e leucemias. Além disso, pode provocar intoxicações agudas (cefaleias, vertigem, falta de ar, tosse, náuseas), queimaduras químicas, irritações na pele e mucosas, alergias e má-formação fetal. Concentração permitida pela Anvisa é como conservante a 0,2%. Nunca como alisante capilar.

Escova progressiva pode causar câncer?

VERDADE. O formol foi proibido pela Anvisa justamente por seus malefícios, que inclui o câncer.

As máquinas de cortar cabelo têm algum risco de transmitir o vírus do HIV?

VERDADE. Apesar desse risco ser muito raro, ele existe, principalmente se houver corte ou perfuração com sangramento. Nesse caso, é preciso procurar um médico.

Fonte: Gazeta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *