O que fazer quando o cliente diz que você cobra caro?

Shares
Read Carefully

Se você é um profissional cabeleireiro, barbeiro, estética ou qualquer tipo de provedor de serviços de beleza, é provável que alguém tenha acusado você de cobrar demais. Se você está apenas começando ou você está executando seu negócio há anos, quando você ouve seus serviços são muito caros, isso pode ser desencorajador. Fato importante para se lembrar é que isso é apenas uma parte de estar no negócio. Se um cliente nunca lhe disse que você é cobra muito caro, você provavelmente não está cobrando o suficiente.

Em vez de se ofender quando isso acontece, você pode realmente aprender a tirar proveito disso. Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a lidar com esse tipo de conversa:

Concentre-se nos fatos; não deixe suas emoções te desconcentrar.

Não importa o que você cobra, você sempre será muito caro para algumas pessoas. Não tenha medo, há um lugar no mercado por cada preço e, desde que forneça um serviço de qualidade, você será o melhor para alguns clientes.

Quando um cliente te fala que o seu preço é muito alto, seu primeiro instinto pode ser de pânico, ficar na defensiva, ou mesmo abaixar seus preços por eles. Não faça isso! Ou pelo menos, ainda não. Se você oferecer imediatamente um valor mais baixo, os clientes assumirão que podem continuar a negociar com você e vão pechinchar mais!

A questão mais importante é, você acredita em seus preços? Você é o profissional. Você sabe o quão experiente você está. Você conhece seu nível de habilidade. Você sabe o que seus serviços realmente valem. Se você sabe que seus preços são apropriados, não há necessidade de se sentir abatido.

Faça perguntas.

Esta é uma oportunidade perfeita para você obter uma visão do que seus clientes estão procurando e como você pode melhor comercializar seus serviços.

Quando eles dizem que seus serviços são muito caros, você pode perguntar-lhes “em comparação com o que?” Será que eles estão comparando você com outros profissionais que podem não ser tão experientes ou que usam produtos de qualidade inferior? É possível que seus clientes não entendam o verdadeiro valor do que você forneceu? Talvez seja necessário repensar a forma como você anuncia seus serviços e começar a destacar o seu diferencial.

Pergunte ao seu potencial cliente o que ele / ela está procurando. Eles estão procurando o preço mais baixo? Uma experiência específica? Ou alguém com certo estilo? Descubra o que os motiva e o que é mais importante para eles além do preço? Depois de entender as necessidades do seu cliente, você pode explicar como você é, de fato, um ajuste perfeito para o trabalho, ou você pode perceber que este cliente nunca se sentirá satisfeito com seu preço porque você não é o tipo de profissional que ele está procurando.

[quote]”É importante que seus clientes compreendam que estão recebendo o que pagam. Eles estão pagando mais pela experiência, educação e habilidade. Há uma diferença de qualidade entre o serviço de um profissional que sempre faz cursos com alguém que faz pouco tempo que se formou no mercado e investe pouco para se profissionalizar. Como profissional, você vai dar-lhes uma experiência personalizada adaptada às suas características e suas necessidades.”[/quote]

Esteja preparado

Sempre tem aquela situação que a cliente pergunta porque você cobra o dobro do que o salão da esquina? Mostre para ela quanto que você gasta fazendo cursos de especialização e mostre que você utiliza os melhores produtos do mercado para que o o serviço tenha um resultado melhor e mais duradouro.

Saiba quando recusar o cliente.

Saiba quando seguir em frente. Pergunte a si mesmo,será que esse cliente é um bom para mim? Eles valem o meu tempo? Eles vão me contratar novamente no futuro? Eles me recomendam aos amigos? Se a resposta a qualquer uma dessas perguntas for não, talvez seja hora de seguir em frente. Raramente vale a pena tentar convencer alguém a gastar mais dinheiro do que eles querem. Se conseguir que eles paguem o valor apropriado será uma luta constante e só vai piorar adiante.

 

[quote]Algumas vezes os clientes estão interessados nos seus serviços, porém o orçamento deles não dá para pagar os seus serviços naquele momento (principalmente no momento de crise). Por isso que é bom manter bons relacionamentos para que ele possa voltar no futuro.[/quote]

 

 

Lucas Hattori

Lucas Ishida Hattori é bacharelado em Design de Produto e empreendedor. Com 5 anos de experiências em redes sociais, Hattori também trabalha com marketing digital e comunicação. Em 2013 morou e trabalhou no Vale do Silício onde adquiriu uma vasta experiência e conhecimento em tecnologia e startups. Atualmente é sócio do Carreira Beauty e tem como objetivo emponderar profissionais da beleza no Brasil.

One comment

  • Celso Cavic

    17 de setembro de 2017 - 4:35

    Normalmente quando me fazem esse tipo de pressão, sempre pergunto o que a pessoa faz e quanto cobra,depois com muito cuidado com as palavras inverto as posições dizendo que ela cobrar barato pela qualidade de seu trabalho e seria merecedora de que foce mais caro,se nao for suficiente faco uma comparação bem llogica.Pergunto qual a durabilidade de um serviço barato ,sempre a resposta vai ser de um menor tempo,ai lhe digo por isso meu trabalho tem um custo maior pela qualidade e tempo de duracao. Pronto encerrado o assunto.rsrsrs

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top