Super Recomendo!
Cabeleireiros Profissionais


A profissão de cabeleireiro cresce muito a cada dia, mas como toda área profissional, onde tem crescimento rápido, também se perde na qualidade de trabalho. Não são poucos os cursos profissionalizantes prometendo uma formação em tempo record, mas todos nós sabemos que é impossível sair de um curso, por melhor que ele seja e já assumir uma bancada como profissional, eu conheço até alguns que se arriscaram, mas uma coisa é dizer que é profissional, outra é desenvolver todos trabalhos que precisa paras ser um cabeleireiro completo.

Geralmente, o que os profissionais sempre orientam, e que já é uma tradição que tem dado certo, é que antes de ser cabeleireiro, tem que fazer um estágio como assistente. Ual, até esqueci da eloquência por um momento, estou viajando no final dos anos 90 quando era assistente na matriz do Jacques Janine, ao lado de grandes profissionais que se destacaram no mercado até hoje, quantas experiências boas!

Lembro-me que de cara já me chamaram para participar de desfiles e outros grandes eventos, o que me abriu a mentalidade para o universo da moda. Por isso meu conselho para os iniciantes é não ter pressa, depois dos primeiros cursos, procure um salão
de grande porte para ser assistente e viaje também neste mundo maravilhoso da beleza e autoestima.

Mas afinal, quanto tempo precisa ficar como assistente para ser um profissional?

Vai depender de cada um, o importante é estabelecer um tempo como meta. Geralmente, de um ano e meio a três, vai depender da capacidade e empenho de cada um. Vamos as dicas:

1- Tem que ser ágil, fazer de tudo, se não souber algum procedimento, tem que treinar, tem assistente que pensa que está exercendo uma profissão e só faz o que foi combinado, se for assim vai demorar uns 3 anos ou mais para ser profissional, não se esqueça que este é apenas um “estágio”.

2– Tem que trazer uma modelo por semana para treinar algum procedimento que houver dificuldade, chame um profissional para avaliar seu trabalho e não se esqueça de tirar fotos do antes e depois.

3- Fique esperto com alguns cabeleireiros que querem ficar lhe segurando por muitos anos, lembre-se que um assistente
prático pode dobrar o faturamento de um cabeleireiro.

4- Fique longe das laranjas podres, tem assistentes antigos que ficam desanimando os novos, fuja desses, mas se possível, mostre pra eles que você é diferente.

5- Fique atento as oportunidades, para quem já esta trabalhando em salão, sempre tem cursos gratuitos de coloração e outros procedimentos.

6- Não seja orgulhoso quando for um assistente prático, continue prestativo, arrume as tolhas, os carrinhos, limpe as escovas e ajude os mais novos.

7. Quando estiver quase se tornando um profissional, faça o máximo de contados com outros salões, afinal, vai precisar iniciar uma nova jornada, tente se manter sempre por perto das clientes que já lhe acompanham, pois a partir deste momento, não poderá contar com salário fixo.

Boa sorte nesta incrível jornada !!!


 

Fernando Paravano
FERNANDO PARAVANO
Cabeleireiro, maquiador e consultor de salão de beleza
+ Veja mais artigos

 


Super Recomendo!
Cabeleireiros Profissionais


Comments

  • Avatar
    Silvane dos santos santana
    fevereiro 27, 2018Responder

    Olá.
    Gostaria de saber qual melhor forma de iniciar na área de cabeleireiro.
    Fazer um curso básico ou começar como assistente em salões.
    Agradecida pela atenção!

Leave a comment