Química Capilar: excesso pode prejudicar

quimica-capilar-excesso-prejudicar

 

O cabelo é constituído, basicamente, de uma proteína: a alfa-queratina. As queratinas (alfa e beta) são, também, constituintes de outras partes de animais, como unhas, a seda, bicos de aves, chifres, pêlos, cascos, espinhos (do porco-espinho), entre outros.

Em cada fio de cabelo, milhares de cadeias de alfa-queratina estão entrelaçadas em uma forma espiral, sob a forma de placas que se sobrepõem, resultando em um longo e fino “cordão” protéico. Estas proteínas interagem fortemente entre si, por várias maneiras resultando na forma característica de cada cabelo: liso, enrolado, ondulado, etc.

Preocupação com os cabelos ocorre desde o início da humanidade. Sua principal função é a proteção do crânio contra traumatismos e radiações solares. Mas desempenha, e muito bem, em nossa sociedade, a função estética. É muito importante, em virtude disso, conhecer os fatores que contribuem para a danificação das cutículas, fato este que deixa os cabelos com aspecto ressecado, sem brilho, arrepiado e com embaraçamento fácil. Dentre estes fatores podemos citar, por exemplo: tratamentos como tinturas, alisamentos e permanentes; lavagens freqüentes utilizando xampus com grandes concentrações de detergente ou pH alcalino. Além de fatores físicos como escovação freqüente; uso de secadores e chapinhas e o próprio ar condicionado.

É natural perder cerca de 100 fios de cabelo por dia, mas se notar que o cabelo está diminuindo muito ou que estão surgindo falhas no seu couro cabeludo, pode ser um problema. A queda dos fios é provocada pela inflamação do fotículo que é a região onde nasce o cabelo, é causada por infecções que afetam a base do fio, como a caspa. Com isso, o cabelo enfraquece e cai. Pode também causar quedas de cabelo o sistema hormonal, como tireóide e cisto ovariano. Os xampus são formulados com uma proteína chamada ANP que reduzem a ação dos hormônios responsáveis pelo afinamento dos fios, evitando sua queda. Já os xampus antiquebra fortalecem o cabelo danificado por processos químicos e evitam que ele se rompa ao meio; porém, eles não evitam que o fio caia pela raiz.

Coloração, escova progressiva (e definitiva), relaxamento, permanente… São muitas as opções de procedimentos para apostar em um novo visual ou mudar a textura dos cabelos. Mas o excesso de química prejudica os fios que podem ficar ressecados, sem brilho ou até mesmo quebradiços se você não cuidar com dedicação.

Fique em dia com tratamentos que ajudam a recuperar elasticidade das madeixas, evitando a quebra em situações comuns, como o desembaraçar dos cabelos e na hora da higienização. O Fique Diva vai te mostrar quais tratamentos você pode investir para desfilar fios de diva!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *