Salões de beleza especialmente para homens

Shares
saloes-de-beleza-especialmente-para-homens
Read Carefully

Barbearia tradicional? Que nada! Salões especializados em atendimento masculino conquistam cada vez mais clientes com serviços de beleza exclusivos e mimos que incluem cerveja e videogame.

Salões de beleza especialmente para homens

Não dá para negar que os homens passaram a se preocupar com a aparência. Para muitos deles, os serviços básicos oferecidos pelas tradicionais barbearias já não são suficientes. É aí que entram os salões de beleza especialmente para homens – sim, eles existem! Com os serviços tradicionais, como barba feita com navalha, e outros diferenciados, como depilação e amaciamento de fios e sobrancelhas, esses espaços, verdadeiros clubes do bolinha, conquistam mais e mais clientes.

Para a consultora Ederci Maria Garcia, do Sebrae SP, a busca masculina por novidades e por um serviço personalizado – em um local onde possa se sentir à vontade com a própria vaidade – alavancou o crescimento desse nicho. Com o aumento do poder aquisitivo das classes C e D, o perfil dos clientes que podem investir em beleza ficou menos restrito. “Os homens são levados a se cuidar pelas mulheres, que se tornaram bem mais exigentes. Hoje, eles entendem que a boa aparência é um diferencial bastante competitivo, que irá alavancar melhores oportunidades profissionais e que ajuda a manter a autoestima”, diz a consultora.

Apesar do cenário positivo, esse tipo de negócio demanda cuidado como qualquer outro. Quer mais dicas? Conheça quatro salões especialistas em atendimento masculino.

Ophicina do Cabelo

No Leblon, badalado bairro do Rio de Janeiro, o salão não só atende os homens, como reservou uma ala inteira para eles. Os tratamentos mais procurados pela clientela – cuja faixa etária vai dos 30 aos 50 anos – são massagens relaxantes, amaciamento de sobrancelhas, corte e tintura para os fios. Para a empresária Marcella Clark, proprietária do espaço, o crescimento do mercado de serviços masculinos é um reflexo da mudança de comportamento do homem. “Antigamente, eles mal entravam em salões como o nosso”, diz. Ali, os clientes gastam, em média, R$ 150 e são cobertos de mimos. No lavatório, recebem sempre uma massagem para estimular a circulação sanguínea do couro cabeludo. Às sextas-feiras, eles podem curtir uma boa happy hour para relaxar.

Romeo

Especializado em atendimento masculino – mulheres só nos fins de semana no “Clube das Julietas” –, o salão abriu as portas em julho de 2012, na Vila Olímpia,em São Paulo. Operfil dos clientes é bem eclético: durante a semana são executivos, jovens empreendedores e publicitários que circulam pela região. Aos sábados, o salão recebe mais moradores do bairro e pais de família. O ambiente é sóbrio – tem um toque vintage – e os serviços incluem corte, barba feita com navalha, camuflagem dos fios brancos, coloração, mechas, alisamento e progressivas. Em breve, o espaço também terá opções de estética e massagem. Se quiser relaxar enquanto se embeleza, pode pedir uma cervejinha. “No geral, os homens são mais exigentes. Os que frequentam durante a semana optam por um atendimento mais rápido, pois estão em horário de trabalho. Já o público de fim de semana prefere conversar e relaxar”, conta Karen Yamauchi, proprietária do salão. Karen diz que o investimento em um salão como o Romeo varia de acordo com o tamanho do seu negócio e o público-alvo. Para um salão de60 m², com quatro cadeiras, ela sugere investimento mínimo de R$ 50 mil mais o capital de giro. “Lembre-se que a escolha do ponto é crucial. E tenha paciência porque o retorno inicial não é igual a quando se trabalha com o público feminino.” “Os homens que freqüentam durante a semana optam por um atendimento mais rápido, pois estão em horário de trabalho. Já o público de fim de semana prefere conversar e relaxar”, conta Karen Yamauchi, dona do Romeo.

Red Salon Homem

Cansado de frequentar salões de beleza unissex, que constrangiam os rapazes com o papo da mulherada, e barbearias sem nenhum charme, Roberto Borsato decidiu inaugurar, em 2007, o Red Salon Homem. Exclusivo para homens, o espaço, que hoje tem quatro unidades no Rio de Janeiro, é uma mistura de tabacaria e clube masculino. Além do tradicional corte e barba, o Red oferece hidratações, diversas técnicas de coloração, design de sobrancelhas, limpeza facial, depilação, manicure e pedicure, além de massagens estéticas e relaxantes e Dia do Noivo – uma versão do Dia da Noiva especial para os moçoilos. Enquanto fazem os tratamentos, os clientes podem assistir a canais esportivos na TV, jogar videogame ou mesmo tomar uma cervejinha. Para que o cliente se sinta ainda mais em casa, a maioria dos profissionais que trabalham no Red são homens treinados para fazer o atendimento rápido, personalizado e didático – sim, porque muitos clientes desconhecem para que se destinam os produtos e tratamentos. “O público masculino precisa se sentir em casa e ser tratado com linguagem diferenciada. Nem sempre ele fará determinado serviço no dia que lhe foi oferecido, provavelmente optará por isso em outra visita, diz Roberto Borsato.”

Werner Homme

Após perceber um grande interesse do público masculino pelos serviços de beleza em seus salões, a rede carioca Werner Coiffeur decidiu criar o Werner Homme. “Os homens buscam espaços com mais opções e recursos do que uma barbearia tradicional. Porém, eles preferem se cuidar em um ambiente onde só estejam eles. O papo feminino no salão de beleza não tem o perfil masculino”, diz Denise Porcaro, sócia do Werner Homme. Além de cortes, barba tradicionalmente feita à navalha, coloração — que é feita em uma sala “escondida” para a comodidade do cliente —, depilação e tratamentos para hidratar os fios e para controlar a queda, o salão oferece uma série de regalias para que o cliente se sintaem casa. Atelevisão, por exemplo, está sempre ligada em canais de esporte. No bar, além do tradicional trio café, água e suco, há uísque, vinho e cerveja. “O espaço comporta poucas pessoas ao mesmo tempo justamente para manter um clima intimista preferido por esse público. O número de profissionais também é reduzido e o ambiente é mais silencioso”, conta Denise. Já que a maioria dos clientes prefere serviços mais breves, com menos conversa, o salão investe em um atendimento diferenciado.

Cinco dicas para fazer seu salão voltado para o público masculino dar certo

1. Conheça o segmento de atuação, o mercado, os clientes, a concorrência e os fornecedores.

2. Determine as características específicas da atividade, os produtos e serviços oferecidos, verifique a regulamentação e a legislação relacionadas.

3. Pesquise o mercado em reportagens nos jornais, revistas especializadas e na internet. Converse com pessoas que atuam na área, vá a feiras do setor e contate sindicatos e escolas para tirar dúvidas.

4. Capriche na personalização. Ambientes exclusivos para que o homem se sinta mais à vontade estão com tudo! Salões temáticos e mimos que remetam ao universo masculino – como jogos de videogame, canais esportivos e revistas dedicadas ao público masculino – também fazem a diferença.

5. Lembre-se: ofereça sempre serviços de qualidade. Nada é mais efetivo para conquistar os clientes.

Fonte: Cabelos & Cia

Carreira Beauty

Carreira Beauty é a comunidade mais queridinha dos profissionais da beleza e está sempre pensando em como ajudar os profissionais da beleza a se destacarem e serem mais valorizados no mercado.

One comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nossa Recomendação Anúncio Ahazou

 

Blog do site Carreira Beauty foi criado para levar informações gratuitas aos profissionais da beleza com objetivo de ajudá-los a desenvolverem seus negócios e carreiras.

 

Nossa Recomendação Anúncio Ahazou
Top