Aromaterapia beneficia gestantes, amenizando desconfortos e preparando o corpo para enfrentar as transformações

A gravidez é um momento especial na vida da mulher e, durante esse período, é preciso muito cuidado para que tanto a mãe quanto o bebê tenham qualidade de vida e bem-estar. Os óleos essenciais, na fase de gestação, podem ser usados em massagens, banhos e na aromatização de ambientes para aliviar e amenizar problemas típicos desta fase da vida.

O primeiro passo é escolher, com critério, quais são os óleos essenciais e vegetais corretos para o uso durante gestação. E mais: somente os óleos essenciais e vegetais 100% puros trarão os resultados desejados com total segurança. Por isto, antes de comprar, pesquise a reputação e a procedência das marcas disponíveis no mercado.

A Aromaterapia previne e ameniza desconfortos como náuseas, enjoos e dores de cabeça. Também ajuda em casos de edemas, varizes e hemorroidas. Os óleos essenciais e vegetais colaboram, ainda, para manter a beleza, pois evitam o surgimento de estrias.

Náuseas, enjoos matinais, dor de cabeça e vômitos

Para aliviar os enjoos matinais, use uma gota de óleo essencial de Hortelã Pimenta em um lenço de papel e inale. Poderá também ser usado o óleo essencial de Gengibre.

Se o problema são as náuseas, é possível controlá-las colocando uma compressa fria de óleo essencial de Camomila Romana na testa.

Estes dois óleos essenciais, Hortelã Pimenta e a Camomila Romana,  também ajudam nos casos de dor de cabeça. Ao primeiro sinal do incômodo, coloque uma gota de óleo essencial de Hortelã Pimenta não diluído na têmpora ou, deitada num ambiente de iluminação amena, coloque uma compressa de óleo essencial de Camomila Romana na testa.

Para controlar os vômitos, adicione sete gotas de óleo essencial de limão (Citrus limonun) ou lavanda com duas colheres de sopa de óleo carreador (Semente de Uva, por exemplo) e faça massagens no abdômen. Se preferir, simplesmente inale os óleos essenciais.

Retenção de líquidos

Nos tornozelos e pernas, os óleos essenciais de Grapefruit, Camomila Romana, Hortelã Pimenta e Tangerina são estimulantes para o sistema linfático, ideais para drenar o excesso de líquidos do corpo. Faça uma massagem suave com a mistura desses óleos nos pés e tornozelos.

Em 20 ml de Óleo Vegetal de Semente de Uva, adicione duas gotas de cada óleo essencial acima citados. Faça uma automassagem nos pés e pernas, em sentido ascendente, em direção ao coração. E descanse colocando as pernas em local elevado.

Se seus pés estão quentes, cansados ou inchados, experimente fazer um escalda-pés com água de morna a fria, acrescentando à água três gotas de óleo essencial de Eucalipto Glóbulos e três gotas do óleo essencial de Limão Siciliano. Procure dormir com um travesseiro embaixo das pernas e tire cochilos à tarde com as pernas elevadas acima do nível do coração.

Banhos com Grapefruit, tangerina ou outros óleos cítricos que contenham vitamina C favorecerão uma ação diurética benigna.  Lembre-se de esperar no mínimo seis horas para se expor ao sol, pois os óleos cítricos são fotossensíveis.

Em um recipiente, coloque um litro de água e adicione seis gotas de um dos óleos citados acima. Ao final do banho, jogue esta água no último enxágue.

Varizes e hemorroidas

Varizes respondem bem às propriedades tonificante e adstringente dos óleos essenciais de cipreste, limão e lavanda. Use três gotas de óleo essencial de cipreste mais três gotas de óleo essencial de limão, misturadas a duas colheres de sopa de óleo carreador (Semente de Uva, por exemplo) e massageie suavemente as pernas, partindo dos pés. Seja cuidadosa para não pressionar com força as varizes. Use sempre à noite.

Quem sofre com hemorroidas, pode obter alívio fazendo um banho de assento frio com sete gotas de óleo essencial de limão. Massagens utilizando sete gotas de óleo essencial de cipreste, três gotas de óleo de limão e uma colher de sopa de óleo carreador também ajuda muito e diminui as dores e o incômodo.

Coloque o óleo vegetal e os óleos essenciais na água e faça um banho de assento.

Há também uma pomada para usar continuamente, segue a receita:

– 8 gramas de Cera de Abelha;
– 10 gramas de Manteiga de Cacau;
– 40 ml de Óleo Vegetal de Copaíba;
– 41 ml de Água Destilada;
– 15 gotas de óleo essencial de Limão Siciliano;
– 20 gotas de óleo essencial de Cipreste;
– 5 gotas de óleo essencial de Hortelã Pimenta.

Estrias, cloasmas e acne

Para prevenir estrias e manter sua pele macia e flexível, use aplicações tópicas de óleos vegetais. Para manter a elasticidade, são indicadas as vitaminas C e E, presentes, por exemplo, nos óleos vegetais de Jojoba, Rosa Mosqueta e Semente de Uva. Combine uma colher de sopa de óleo de Jojoba a uma colher de sopa de Rosa Mosqueta e seis gotas de óleo essencial de Palmarosa. Pela manhã e à noite, massageie com essa mistura as coxas, quadris, seios e barriga.

O cloasma, chamado de “máscara da gravidez” (hiperpigmentação), tem sido relacionado à inabilidade do fígado de remover o excesso de hormônio da corrente sanguínea. Problemas de pigmentação também são resultados de deficiência de ácido fólico, PABA, vitamina B12 ou vitamina B6. Para proteger sua pele da luz solar, use sempre um protetor solar e um chapéu. À noite, aplique a seguinte combinação: uma gota de óleo essencial de lavanda e uma colher de sopa de óleo carreador de Rosa Mosqueta, que contém vitamina C.

Assim como algumas mulheres dizem que a pele do rosto ficou mais bonita durante a gestação, outras enfrentam problemas com acne. O óleo essencial de Tea Tree,  para secar as pústulas, é indicado: use diretamente sobre elas uma gota do óleo.

Faça também uma máscara fácil para ser aplicada uma vez por semana:

– 1 colher de sopa de argila da Amazônia;
– 2 colheres de água perfumada de Lavanda;
– 1 gota de óleo essencial de Tea Tree.

Esta máscara ajudará na acnes, oleosidade e nas manchas.

 


Samia Maluf
SAMIA MALUF
Psicóloga, formação em Aromaterapia e é autodidata em Aromacologia.
Atende pacientes e consultora para empresas e spas.
+ Veja mais artigos

 



Samia Maluf é formada em psicologia, com especialização em adicções, depressão e síndrome do pânico. Possui formação em Aromaterapia e é autodidata em Aromacologia (ciência que estuda o aroma – dos óleos essenciais às essências sintéticas – no comportamento humano como meio de evocar memórias e sensações). Trabalha atendendo pacientes e como consultora para empresas e spas em todo o Brasil.


One thought on “Aromaterapia beneficia gestantes, amenizando desconfortos e preparando o corpo para enfrentar as transformações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *